fbpx

Abrir mão do que não importa

Eu tenho dificuldades com foco.

Sempre estive envolvido em mil atividades diferentes ao mesmo tempo.

Meu espírito é assim, eu estou sempre buscando as novidades. E isso é um problema.

Esse comportamento atrapalha o aprofundamento das questões: é como você vivesse sempre na superfície.

E a verdade é que o ouro está nas profundezas. Quando você cava e resolve questões que ninguém quer resolver, seja por falta de capacidade ou disposição mesmo.

Isso também vale para a aquisição de informações. Vivemos hoje um período perigoso com abundância de informações.

É preciso se perguntar se estamos realmente buscando novas informações corretamente ou se apenas estamos consumindo barulho.

Até que ponto vale conhecer a história daquele empreendendor que é CEO de uma holding bilionária? Do movimento da bolsa? O que isso vai impactar no seu projeto?

E sobre a última noticia de vírus? E sobre o Brexit? E sobre a guerra comercial entre EUA x China?

Percebe um padrão? Eles querem nossa atenção, as custas de uma suposta necessidade de informação.

Pra mim, isso tudo é barulho.

Mas como se resolve esse problema? Abrindo mão de consumir o barulho do mundo.

É o que estou fazendo atualmente e vou compartilhar sobre esse processo com vocês por aqui.